.header .flex-row { z-index: 99; }

Com o término das extrações minerais, seja de forma parcial ou total, o minerador se depara com locais muito alterados e possui a responsabilidade em recuperá-lo. A mineração, nem sempre necessita de grandes extensões territoriais, porém gera impactos de grande intensidade como perda de biodiversidade, alteração topográfica com possíveis locais instáveis, degradação de solo, interferência em lençol freático, além de impactos diretos causados à fauna local.

Considerando a logística da recuperação de área minerada, bem como o custo financeiro de executá-lo, é indicado que as medidas de restauração sejam realizadas sempre de forma concomitante com a lavra. Desta forma, define-se o uso futuro da porção já encerrada e quais as medidas de recuperação que melhor se adaptam ao local de forma integrada ao avanço de lavra. O resultado destas medidas é o custo diluído da recuperação ao longo da exploração mineral e quando à desativação da jazida for efetivada, praticamente toda a área já se encontrará recuperada.

O Projeto de Recuperação de Áreas Mineradas – PRAD – deve fazer uma abordagem em todos os aspectos que necessitam intervenção humana para auxiliar o processo de regeneração, bem como propor técnicas de manejo que possam permitir a sucessão ecológica, possibilitando que o ambiente fique o mais próximo possível das características originais. Neste contexto, a TopMine Engenharia possui profissionais em seu quadro técnico com experiência em campo e habilitadas a fornecer todo o suporte necessário para a total recuperação da área, além de propor técnicas de manejo corretas, sem grandes desperdícios financeiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Este website utiliza cookies para a sua melhor experiência. Se você estiver de acordo basta clicar em "Concordo!", você pode saber mais sobre quais cookies utilizamos.